Como surgiu o Belarusangola

  • pt-pt
  • by

Chief Executive Officer (CEO)
BelarusAngola, Lda
J.C. Ventura

Caros Angolanos

É com orgulho que vos apresento o segundo catálogo BelarusAngola 2017/2022. Nesta fase do projeto contamos com 60 fábricas bielorrussas (como parceiros). O projeto de parceria entre Angola e a Belarus teve o seu início em 2015. A empresa “BelarusAngola” está sediada na província de Luanda e, tem como função ser o elo de ligação, em exclusivo, com as empresas patentes neste catálogo. O nosso objetivo é criar oportunidades, unir forças e, incentivar a produção nacional, dai assumirmos a responsabilidade de sedimentar a cooperação comercial e econômica bem como, impulsionar as relações bilaterais. Com a implementação de estratégias a curto, médio e longo prazo, queremos assegurar um crescimento sustentado e estável, atingindo um patamar de qualidade e excelência. Reduzir ao máximo a dependência de importação de bens alimentares, mecanizar e industrializar a agricultura e a agropecuária e, potencializar as exportações.

Com a Belarus tudo isto é possível.

A atual conjuntura colocou novos desafios que com certeza iremos ultrapassar com motivação e trabalho, os quais nos vão levar à conquista e orgulho como resultado final.

Estando a trabalhar, com o executivo de ambos os países, o sucesso do projeto é garantido.

2018 a 2019 é já o reflexo desta realidade com:

  • MTZ — Fábrica de tratores e componentes, província de Benguela;
  • MAZ — Fábrica de camiões e autocarros, província de Luanda;
  • Centro Logístico Belarus-Angola na província de Malange;
  • Bolsas de estudo, formação profissional e estágios;
  • Nomeação de Cônsul Honorário.

A nossa terra mãe, Angola, é dotada de terras férteis e com imenso potencial agrícola, mar generoso em peixe o que potencializa a pesca e, com uma geodiversidade relevante temos todos os elementos que nos garantem o sucesso.

Despeço-me agradecendo primeiro a Deus e, a todos os quais direta ou indiretamente contribuíram para este grande projeto que é a BelarusAngola.

A todos o meu muito obrigado.